sexta-feira, 8 de julho de 2016

Formigamento e dormência pós-quimio!

Olá leitores, tudo bem com vocês?
Já faz um tempinho que não escrevo...
Hoje, está completando um mês desde a minha última quimioterapia. Passei por maus bocados, mas sobrevivi a mais essa etapa. Fiz novos exames, passei por consulta e meu médico disse que está tudo "limpinho"!
Depois dessas 6 sessões de quimioterapia, o que pegou feio foi a neuropatia periférica. 
Realmente, não é fácil essa constante sensação de formigamento e dormência nos pés e mãos.
Andar e não sentir o chão onde se pisa, não conseguir calçar um chinelo, e quando o tiver calçado, perdê-lo pela casa...affff....sentir fortes cãibras e contrações musculares, ter dificuldades para abotoar uma camisa...e para colocar um brinco então? um verdadeiro malabarismo....sem contar o descontrole da bexiga...
Minha esperança é que tudo isso passe com o tempo, mas não se tem garantias quanto a isso, uma vez que os nervos foram lesionados. O jeito é esperar, ter paciência, muita paciência...

Seguem algumas informações adicionais sobre Neuropatia:

O que é neuropatia periférica?
Neuropatia periférica é uma condição comum que afeta os nervos periféricos, responsáveis por encaminhar informações do cérebro e da medula espinhal para o restante do corpo. A neuropatia periférica pode causar danos permanentes aos nervos, sendo muitas vezes um problema incapacitante e até mesmo fatal.
Formigamento, dormência e sensação de queimação nos braços e nas pernas podem ser sinais precoces de nervo lesionado. Essas sensações geralmente iniciam nos pés, dedos dos pés e nas pernas.
Pode haver, ainda, a perda da sensação das pernas e dos braços. Por essa razão, uma pessoa com esse problema talvez não perceba se pisar em algo pontiagudo e talvez não consiga sentir a diferença entre superfícies frias ou quentes.

Problemas musculares
Os danos causados aos nervos podem dificultar o controle dos músculos e causar fraqueza, além de problemas para mover uma parte do corpo.
Tarefas simples, como abotoar uma camisa, podem se tornar mais difíceis por causa da neuropatia periférica. É possível que a pessoa note, também, contrações ou cãibras em seus músculos. Os músculos podem diminuir.

Problemas com órgãos do corpo
Pessoas com danos nervosos podem ter dificuldade para digerir os alimentos. Azia, vômitos, náuseas, tontura, fraqueza e problemas para deglutição são alguns dos principais sintomas.
A angina é uma dor no peito que funciona como sinal de aviso para doença ou ataque cardíaco. O nervo danificado pela neuropatia periférica pode "ocultar" esse sinal de aviso.

Outros sintomas de danos nervosos
Problemas de bexiga, entre os quais podem incluir vazamento de urina e dificuldades para urinar.



5 comentários:

  1. Boa tarde, Nanci! Desejo que Deus te fortaleça fisica, psicologica e emocionalmente para conti nuar de pé, firme, nesta luta árdua! "O sofrimento é escola dos filhos prediletos de Deus!" É por meio das nossas dores que somos santificados e nos tornamos aptos e merecedores do céu. Creia!
    Sempre tive uma saúde delicada, desde a infância, e em janeiro deste ano parei no PS por conta de uma forte dor no baixo ventre e um inchaço muito grande no abdômen. Sentada ou deitada eu chorava de dor. Na tomografia viram que havia um cisto enorme no ovário esquerdo. Naquele mesmo dia também comecei a estudar durante as refeições e a cada dia comia menos. Mesmo assim, em menos de um mês engordei 3 kilos. Passei a evitar qualquer tipo de esforço e a tomar analgésicos sempre que a dor aumentava.
    Apresentava muitos gases também e, por isso, em fevereiro, procurei meu gastro que suspeitou de Síndrome do Intestino Irritável porque, além disso tudo, desde dezembro eu passava alguns dias constipada e outros com diarréia, nunca a evacuação era normal.

    Ainda em fevereiro uma RNM da pelve mostrou aderências entre o útero, ovário esquerdo e intestino delgado, possível endometrioma no ovário esquerdo e um cisto misto no ovário direito que a radiologista julgava necessitar de uma melhor investigação. A conclusão geral era de endometriose profunda.
    Tive dificuldade de encontrar especialistas no assunto mas, um deles chegou a perceber no exame de toque um nódulo na minha bexiga. A doença avançava a passos largos.
    Em 06/06 fiz minha videolaparoscopia e o cirurgião só encontrou um cisto enorme no ovário esquerdo. Retirou tudo e encaminhou para biópsia, que não deu nada. Todo o resto que apareceu na RNM e no exame de toque havia desaparecido... Com relação ao cisto suspeito do ovário direito, o cirurgião disse que não tinha nada, mas que também não poderia mexer muito neste meu único ovário para que eu não perdesse minha reserva ovariana. Eu só tenho 34 anos.
    Agradeço a Deus todos os dias por isso!
    Minha recuperação foi razoáve, com algumas cólicas de vez em quando, mas ontem comecei a sentir dores fortíssimas no baixo ventre novamente. Fiquei preocupada. Será que é possível haver alguma doença como o câncer, por exemplo, em algum outro local que o médico não conseguiu visualizar com a vídeo? Você poderia me indicar um médico aqui no RJ ou Niterói para acompanhar meu caso?
    Bjs e muito obrigada desde já!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Querida Vanessa,
      Se ainda tem suspeitas quanto a essa possibilidade, sugiro que procure mesmo um especialista. Solicite o marcador tumoral ca 125 e uma tomografia de abdômen total. Infelizmente, não tenho nenhum médico aí no Rio para te indicar.
      Bjs e boa sorte para ti.

      Excluir
  2. Boa tarde, Nanci! Desejo que Deus te fortaleça fisica, psicologica e emocionalmente para conti nuar de pé, firme, nesta luta árdua! "O sofrimento é escola dos filhos prediletos de Deus!" É por meio das nossas dores que somos santificados e nos tornamos aptos e merecedores do céu. Creia!
    Sempre tive uma saúde delicada, desde a infância, e em janeiro deste ano parei no PS por conta de uma forte dor no baixo ventre e um inchaço muito grande no abdômen. Sentada ou deitada eu chorava de dor. Na tomografia viram que havia um cisto enorme no ovário esquerdo. Naquele mesmo dia também comecei a estudar durante as refeições e a cada dia comia menos. Mesmo assim, em menos de um mês engordei 3 kilos. Passei a evitar qualquer tipo de esforço e a tomar analgésicos sempre que a dor aumentava.
    Apresentava muitos gases também e, por isso, em fevereiro, procurei meu gastro que suspeitou de Síndrome do Intestino Irritável porque, além disso tudo, desde dezembro eu passava alguns dias constipada e outros com diarréia, nunca a evacuação era normal.

    Ainda em fevereiro uma RNM da pelve mostrou aderências entre o útero, ovário esquerdo e intestino delgado, possível endometrioma no ovário esquerdo e um cisto misto no ovário direito que a radiologista julgava necessitar de uma melhor investigação. A conclusão geral era de endometriose profunda.
    Tive dificuldade de encontrar especialistas no assunto mas, um deles chegou a perceber no exame de toque um nódulo na minha bexiga. A doença avançava a passos largos.
    Em 06/06 fiz minha videolaparoscopia e o cirurgião só encontrou um cisto enorme no ovário esquerdo. Retirou tudo e encaminhou para biópsia, que não deu nada. Todo o resto que apareceu na RNM e no exame de toque havia desaparecido... Com relação ao cisto suspeito do ovário direito, o cirurgião disse que não tinha nada, mas que também não poderia mexer muito neste meu único ovário para que eu não perdesse minha reserva ovariana. Eu só tenho 34 anos.
    Agradeço a Deus todos os dias por isso!
    Minha recuperação foi razoáve, com algumas cólicas de vez em quando, mas ontem comecei a sentir dores fortíssimas no baixo ventre novamente. Fiquei preocupada. Será que é possível haver alguma doença como o câncer, por exemplo, em algum outro local que o médico não conseguiu visualizar com a vídeo? Você poderia me indicar um médico aqui no RJ ou Niterói para acompanhar meu caso?
    Bjs e muito obrigada desde já!

    ResponderExcluir
  3. Olá Nanci, fico triste que depois de tanta luta contra o cancro surja agora esse problema! Náo sei nada sobre neuropatia periférica mas tenho a certeza que a Nanci vai, mais uma vez, superar o problema e vencer mais essa 'batalha'. Que Deus a ajude e a abençoe. Um Beijo Grande deste Amigo do outro lado do Atlântico :)

    P.S. A minha mãe vai ser finalmente operada na 5ª feira, dia 14 de Julho, depois dou notícias...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Querido amigo,
      Tudo isso faz parte...as sequelas são físicas e psicológicas.
      Fiquei muito feliz ao saber que sua mãe irá finalmente ser operada. Estava inconformada com a situação!
      Por favor, mande-me notícias. Estarei aqui torcendo por ela.
      Um grande beijo e que Deus os abençoe.

      Excluir

OBRIGADA PELO SEU COMENTÁRIO, MUITO BOM TER VOCÊ POR AQUI! AJUDE-NOS NA CAMPANHA DE CONSCIENTIZAÇÃO DE COMBATE AO CA DE OVÁRIO, DIVULGANDO E COMPARTILHANDO AS NOSSAS POSTAGENS!

CÂNCER DE OVÁRIO - NOSSA VOZ GANHANDO FORÇAS

Há 5 anos atrás muito pouco se ouvia falar sobre câncer de ovário! Muitas mulheres diagnosticadas com ca de ovário  sofriam caladas e isol...