quinta-feira, 30 de março de 2017

Estadiamento do Câncer de Ovário

Equipe Oncoguia- Data de cadastro: 28/07/2014
O estadiamento descreve aspectos do câncer, como localização, se disseminou, e se está afetando as funções de outros órgãos do corpo. Conhecer o estágio do tumor ajuda na definição do tipo de tratamento e no prognóstico da paciente.

Sistema de Estadiamento TNM

O sistema de estadiamento utilizado para o câncer de ovário é o sistema TNM da American Joint Committee on Cancer. O sistema TNM utiliza três critérios para avaliar o estágio do câncer: o próprio tumor, os linfonodos regionais ao redor do tumor, e se o tumor se espalhou para outras partes do corpo.

TNM é abreviatura de tumor (T), linfonodo (N) e metástase (M):

T – Indica o tamanho do tumor primário e se disseminou para outras áreas.
N – Descreve se existe disseminação da doença para os linfonodos regionais ou se há evidência de metástases em trânsito.
M – Indica se existe presença de metástase em outras partes do corpo.

Tumor - Pelo sistema TNM, o T acompanhado de um número (0 a 4) é usado para descrever o tumor primário, particularmente o seu tamanho. Pode também ser atribuída uma letra minúscula "a" ou "b" com base na ulceração e taxa mitótica.

Linfonodo - O N no sistema TNM representa os linfonodos regionais, e também é atribuído a ele um número (0 a 3), que indica se a doença disseminou para os gânglios linfáticos. Pode também ser atribuída uma letra minúscula "a", "b", ou "c", conforme descrito abaixo.

Metástase - O M no sistema TNM indica se a doença se espalhou para outras partes do corpo.

Isto se assemelha ao sistema FIGO que é usado pela maioria dos oncologistas ginecológicos.

Tumor Primário (T)

TX - Tumor não pode ser avaliado.

T1 - O tumor está confinado nos ovários.
T1a - O tumor está apenas no interior de um ovário.
T1b - O tumor está em ambos os ovários.
T1c - O tumor está em um ou ambos os ovários, no revestimento externo, ou está no líquido retirado da pelve.

T2 - O tumor está em um ou ambos os ovários e se disseminou para os tecidos pélvicos.
T2a - Tem metástase para o útero ou trompas de Falópio.
T2b - Tem metástase nos tecidos pélvicos, útero e trompas de Falópio, mas, não no líquido retirado da pelve.
T2c - Tem metástase para o útero, ou trompas, ou tecidos pélvicos e no líquido retirado da pelve.

T3 - O tumor está em um ou ambos os ovários e se disseminou para o peritônio.
T3a - As metástases são pequenas, somente são visíveis sob um microscópio.
T3b - As metástases são visíveis, com tamanho até 2 cm.
T3c - As metástases são maiores do que 2 cm.

Trompas de Falópio (T)

TX - Tumor não pode ser avaliado.

Tis - As células cancerígenas estão apenas no revestimento interno da trompa de Falópio.

T1 - O tumor está apenas nas trompas de Falópio.
T1a - O tumor está apenas no interior de uma trompa de Falópio.
T1b - O tumor está em ambas às trompas de Falópio.
T1c - O tumor está em uma ou ambas as trompas de Falópio, cresceu através da parede exterior da trompa.

T2 - O tumor cresceu e se desenvolveu em uma ou ambas as trompas de Falópio até a pelve.
T2a - O tumor está crescendo dentro do útero ou dos ovários.
T2b - O tumor está crescendo em outras partes da pelve.
T2c - O tumor se disseminou a partir das trompas de Falópio e para outras partes da pelve.

T3 - O tumor se espalhou para fora da pelve e para o revestimento do abdome.
T3a - A doença se disseminou para fora da pelve, mas só é diagnosticada após biópsia.
T3b - As áreas de disseminação podem ser vistas a olho nu, com tamanho até 2 cm.
T3c - As áreas de disseminação são maiores do que 2 cm.

Linfonodo Regional (N)

NX - Linfonodo regional não pode ser avaliado.
N0 - Ausência de linfonodo comprometido.
N1 - Comprometimento dos linfonodos próximos ao tumor.

Metástase à Distância (M)

M0 - Ausência de metástase à distância.
M1 - Metástase à distância.

Estágio do Câncer


Estágio
T
N
M
I
T1
N0
M0
IA
T1a
N0
M0
IB
T1b
N0
M0
IC
T1c
N0
M0
II
T2
N0
M0
IIA
T2a
N0
M0
IIB
T2b
N0
M0
IIC
T2c
N0
M0
III
T3
N0
M0
IIIA
T3a
N0
M0
IIIB
T3b
N0
M0
IIIC
T3c
N0
M0
Qualquer
N1
M0
IV
Qualquer
Qualquer
M1


Significado dos Estágios do Câncer de Ovário

Estágio I - Tumor limitado aos ovários.
Estágio IA - T1a, N0, M0.
Estágio I B - T1b, N0, M0.
Estágio IC - T1c, N0, M0.

Estágio II - Tumor envolve um ou ambos os ovários e tem extensão para a pelve
Estágio IIA - T2a, N0, M0.
Estágio IIB - T2b, N0, M0.
Estágio IIC - T2c, N0, M0.

Estágio III - Tumor em um ou ambos os ovários, com implantes peritoneais fora da pelve e/ou linfonodos retroperitoneais ou inguinais positivos. Metástases hepáticas superficiais. Tumor limitado à pelve verdadeira, mas com extensão histologicamente confirmada para intestino delgado ou omento.
Estágio IIIA - T3a, N0,.
Estágio IIIB - T3b, N0, M0.
Estágio IIIC - Qualquer T, N1, M0, ou T3c, N0, M0.

Estágio IV - Tumor envolvendo um ou ambos os ovários, com metástases à distância ou metástases para fígado ou derrame pleural positivo para malignidade. Qualquer T, qualquer N, M1.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

OBRIGADA PELO SEU COMENTÁRIO, MUITO BOM TER VOCÊ POR AQUI! AJUDE-NOS NA CAMPANHA DE CONSCIENTIZAÇÃO DE COMBATE AO CA DE OVÁRIO, DIVULGANDO E COMPARTILHANDO AS NOSSAS POSTAGENS!

Rucaparib para câncer de ovário recorrente

Data : 08 de setembro de 2017 Fonte: ESMO 2017 LUGANO-MADRID - A terapia de manutenção de Rucaparib aumenta a sobrevivência livre d...