sábado, 25 de fevereiro de 2017

Cuidados que o paciente oncológico deve ter no Carnaval

Publicação de AC Camargo


Todo paciente oncológico passa por diversas etapas durante seu tratamento, do diagnóstico à reabilitação. Independentemente da sua fase nessa jornada, certos cuidados específicos são necessários para curtir a folia do carnaval. Confira as dicas da nossa equipe multidisciplinar:

Pacientes em tratamento quimioterápico

"A principal dica é evitar locais muito cheios, com aglomeração de pessoas. Também é importante enfatizar: consumo de bebidas alcoólicas está proibido. Lembre-se de se proteger do sol e manter-se bem hidratado", comenta Dra. Solange Sanches, Diretora de Oncologia Clínica.

Atenção aos medicamentos 

"Bebidas alcoólicas e medicamentos não dão samba. Quando combinados, podem inibir ou aumentar os efeitos, interferindo no sucesso do seu tratamento. Depois da folia, não assuma o risco da automedicação. Procure sempre um médico ou farmacêutico", equipe de Farmácia.
Pacientes em tratamento radioterápico
"O ponto de atenção para esses pacientes está relacionado à pele: adesivos e pinturas - típicas do carnaval - não devem ser aplicadas nas áreas irradiadas, que também devem estar bem protegidas do sol. Evite ainda o consumo de bebida alcoólica e jejuns prolongados", diz Dr. Antonio Cassio Pellizzon, Diretor de Radioterapia.
Enfermagem 
(ainda não recebi. Inserimos depois, se enviarem)
Pacientes pós-cirúrgicos
"Cada cirurgia exige cuidados específicos. Siga rigorosamente as orientações de seu cirurgião sobre movimentos, alimentação, ingestão de bebidas e uso de medicamentos", recomenda Dr. Ademar Lopes, Vice-Presidente da Fundação Antônio Prudente e Diretor do Núcleo de Sarcomas.
Cuidados com a alimentação
A alimentação de todo paciente durante o tratamento deve ser saudável e equilibrada. Os cuidados são principalmente em relação à higienização dos alimentos e utensílios, além da hidratação. Confira as dicas da equipe de Nutrição:
Evite consumir alimentos fora de casa. Caso seja necessário, evite o consumo de frutas, verduras e legumes crus, pois há riscos em relação à correta higienização desses alimentos;
Ao comprar produtos no mercado, higienize a embalagem, ainda fechada, com água e sabão ou papel toalha com álcool em gel a 70%. Muitas embalagens ficam expostas a ambientes contaminantes e são manipuladas por diversas pessoas;
Carnaval é uma época muito quente. A hidratação é fundamental. O consumo de água deve ser de, no mínimo, 2 litros por dia, preferencialmente nos intervalos das refeições. Outros líquidos podem ajudar na hidratação, como sucos naturais, chás e água de coco, mas a água sempre deve ser o mais importante;
Alimentar-se de forma saudável e equilibrada é consumir regularmente frutas e hortaliças, leites e derivados magros, carnes (com preferência para carnes brancas), grãos e cereais.
Todo paciente oncológico passa por diversas etapas durante seu tratamento, do diagnóstico à reabilitação. Independentemente da sua fase nessa jornada, certos cuidados específicos são necessários para curtir a folia do carnaval. Confira as dicas da nossa equipe multidisciplinar:

Pacientes em tratamento quimioterápico

"A principal dica é evitar locais muito cheios, com aglomeração de pessoas. Também é importante enfatizar: consumo de bebidas alcoólicas está proibido. Lembre-se de se proteger do sol e manter-se bem hidratado", comenta Dra. Solange Sanches, Diretora de Oncologia Clínica.

Atenção aos medicamentos 

"Bebidas alcoólicas e medicamentos não dão samba. Quando combinados, podem inibir ou aumentar os efeitos, interferindo no sucesso do seu tratamento. Depois da folia, não assuma o risco da automedicação. Procure sempre um médico ou farmacêutico", equipe de Farmácia.

Pacientes em tratamento radioterápico

"O ponto de atenção para esses pacientes está relacionado à pele: adesivos e pinturas - típicas do carnaval - não devem ser aplicadas nas áreas irradiadas, que também devem estar bem protegidas do sol. Evite ainda o consumo de bebida alcoólica e jejuns prolongados", diz Dr. Antonio Cassio Pellizzon, Diretor de Radioterapia.

Pacientes pós-cirúrgicos

"Cada cirurgia exige cuidados específicos. Siga rigorosamente as orientações de seu cirurgião sobre movimentos, alimentação, ingestão de bebidas e uso de medicamentos", recomenda Dr. Ademar Lopes, Vice-Presidente da Fundação Antônio Prudente e Diretor do Núcleo de Sarcomas.

Cuidados com a alimentação

A alimentação de todo paciente durante o tratamento deve ser saudável e equilibrada. Os cuidados são principalmente em relação à higienização dos alimentos e utensílios, além da hidratação. Confira as dicas da equipe de Nutrição:
Evite consumir alimentos fora de casa. Caso seja necessário, evite o consumo de frutas, verduras e legumes crus, pois há riscos em relação à correta higienização desses alimentos;
Ao comprar produtos no mercado, higienize a embalagem, ainda fechada, com água e sabão ou papel toalha com álcool em gel a 70%. Muitas embalagens ficam expostas a ambientes contaminantes e são manipuladas por diversas pessoas;
Carnaval é uma época muito quente. A hidratação é fundamental. O consumo de água deve ser de, no mínimo, 2 litros por dia, preferencialmente nos intervalos das refeições. Outros líquidos podem ajudar na hidratação, como sucos naturais, chás e água de coco, mas a água sempre deve ser o mais importante;
Alimentar-se de forma saudável e equilibrada é consumir regularmente frutas e hortaliças, leites e derivados magros, carnes (com preferência para carnes brancas), grãos e cereais.

Pacientes com cateter, drenos e sondas

"Pacientes que possuem cateteres externos, drenos e sondas precisam ter cuidado especial para evitar traumas, perdas ou outras complicações. A dica também é válida para aqueles estomizados há um tempo. Caso esteja com receio de descolamento da bolsa e da base, utilize o cinto de estoma para maior fixação. A criatividade também conta: entre no clima e elabore uma fantasia que ajude na segurança do dispositivo. E lembre-se de esvaziar a bolsinha periodicamente, sempre que atingir 1/3 da capacidade", comenta Patrícia Pereira dos Anjos, enfermeira.

Outros cuidados gerais

"De modo geral, evite sair ou viajar para locais com aglomeração de pessoas, como praias, por exemplo. Escolha lugares frescos e monte seu próprio kit, com água, medicações, etc. Por mais desbravador que você seja, organize-se. É importante planejar seu trajeto e destino final. Jornadas maiores ou não programadas podem gerar mal estar. Por fim, tenha sempre alguém com quem contar, caso precise de ajuda", lembra Simone Navarro, enfermeira.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

OBRIGADA PELO SEU COMENTÁRIO, MUITO BOM TER VOCÊ POR AQUI! AJUDE-NOS NA CAMPANHA DE CONSCIENTIZAÇÃO DE COMBATE AO CA DE OVÁRIO, DIVULGANDO E COMPARTILHANDO AS NOSSAS POSTAGENS!

CÂNCER DE OVÁRIO - NOSSA VOZ GANHANDO FORÇAS

Há 5 anos atrás muito pouco se ouvia falar sobre câncer de ovário! Muitas mulheres diagnosticadas com ca de ovário  sofriam caladas e isol...