domingo, 22 de fevereiro de 2015

Câncer é a melhor forma de morrer, diz médico britânico...

Ainda acho que a melhor forma de se morrer é mesmo de velhice, mas lendo o texto desse médico britânico, percebi que tenho tido a oportunidade de viver e aproveitar muito mais a vida...De certa forma, ele tem alguma razão...
Certa vez lí uma mensagem de uma leitora do blog que dizia o seguinte: "Se um dia eu tiver câncer, quero ser igual a Nanci"...Fiquei lisonjeada, pois tenho mesmo uma forma peculiar de encarar a doença. Como? Eu vos digo: vivendo tudo o que há pra viver...me permitindo...

"Você pode dizer adeus, refletir sobre a vida, deixar mensagens, visitar lugares especiais pela última vez, ouvir as músicas favoritas, ler poemas e se preparar"
WWW1.FOLHA.UOL.COM.BR

Um comentário:

  1. Nanci,

    Acho que passei o último mês lendo seu blog de cabo a rabo. Minha mãe passou por uma cirurgia na semana passada para operar uma massa sólida suspeita no ovário direito e infelizmente o diagnóstico foi de câncer de ovário. Ainda não temos o resultado da biópsia nem o estadiamento, mas era um cistoadenocarcinoma. Eu ainda quero fazer um comentário melhor sobre tudo isso... Principalmente o medo que surgiu nas nossas cabeças por conta dos péssimos prognosticos que divulgam em relação à mortalidade (o que me apavora muito mais que a recidiva, apesar desta também não soar obviamente nada legal). Ainda moro com meus pais e minha mãe é minha melhor amiga, passei esses dias no hospital sem dormir, ao lado dela, pensando o que seria de nós a partir de agora. Larguei a faculdade de Direito ano passado, no meio do curso, para seguir meu sonho... Medicina! Ai aconteceu isso é estamos todos sensibilizados.

    Mas no momento queria dizer tres coisas, ou melhor, perguntar uma coisa e dizer outras duas:

    1) muito obrigada pelo seu blog. Ter assumido essa causa realmente tem alertado muitas pessoas e essas pessoas, por consequência, acabam alertando muitas outras. Perdi a conta do quanto falei com amigas sobre isso, e agora aumentei ainda mais, ne?

    2) Voce tem me inspirado muito a motivar minha mãe dentro de toda esta situação. Você tem sido um exemplo de quem passou por isso, está viva, saudável, bem e lutando, aproveitando cada minuto da vida. O médico nos alertou que o estágio talvez seja o III, apesar de ainda precisarmos da biópsia, e tenho a fortalecido muito com isso, e fortalecido a fé dela também. Minha mãe sempre foi muito espiritualizada e tenho feito tudo o que posso para manter isso no mais alto grau.

    3) você disse em uma entrevista que mudou sua alimentação, mas não exatamente procurou por ajuda especializada. Você pode me dizer como você mudou, mais ou menos? Acredito que a luta e, principalmente, a vitória contra o câncer inclui mente e corpo sãos, e que a alimentação auxilia a manter o corpo forte para a quimioterapia e para depois. Introduzi muito morango, tomate, uva e verduras no prato da minha mãe (não que ela não comesse, mas estou mais no pé dela), mas queria saber como você fez.

    E espero que com este comentário outras pessoas possam aumentar os exames preventivos, ainda que não sejam tão bons para rastrear quanto à mamografia ou papanicolau para outros cânceres: minha mãe teve filho, usou anticoncepcional por dez anos, amamentou... Tudo o que em teoria eram fatores protetores, mas aconteceu mesmo assim. Não se acomodem, jamais.

    Um grande beijo e muita luz e amor na sua vida, Nanci. Força para todas nós.

    ResponderExcluir

OBRIGADA PELO SEU COMENTÁRIO, MUITO BOM TER VOCÊ POR AQUI! AJUDE-NOS NA CAMPANHA DE CONSCIENTIZAÇÃO DE COMBATE AO CA DE OVÁRIO, DIVULGANDO E COMPARTILHANDO AS NOSSAS POSTAGENS!

A.C.Camargo Cancer Center e Institut Curie firmam acordo de colaboração para pesquisa do câncer e os primeiros alvos são os sarcomas e radioterapia

Acordo de colaboração científica entre o A.C.Camargo Cancer Center e um dos principais centros europeus de pesquisa do câncer, o Institut ...