quinta-feira, 6 de novembro de 2014

Intolerantes à lactose tem menor risco de certos tipos de câncer




Data: 04 de novembro de 2014
Fonte: Universidade de Lund

Pessoas com intolerância à lactose têm menos risco de sofrer de câncer de pulmão, de mama e de ovário, de acordo com um novo estudo realizado por pesquisadores da Universidade de Lund e Região Skåne, na Suécia.
"Descobrimos que as pessoas com intolerância à lactose, que normalmente consomem baixas quantidades de leite e outros produtos lácteos, têm um risco reduzido de câncer de pulmão, de mama e de ovário", diz Jianguang Ji, Professor Associado da Universidade de Lund e pesquisador no Centro para Primária Cuidados Pesquisa em Malmö.
"O risco de câncer não foi reduzida em parentes de pessoas com intolerância à lactose, o que indica que a proteção contra esses tipos de câncer está relacionado à dieta. No entanto, seria errado concluir que o leite é um fator de risco para esses tipos de câncer", enfatiza Jianguang Ji .
Existem grandes diferenças na incidência de câncer de mama e de ovário entre os diferentes países. Sua incidência é maior na América do Norte, Europa Ocidental e os países nórdicos, e menor na Ásia Oriental e países da África Central. Estudos de imigrantes e os gêmeos sugerem que esta variação em todo o mundo é mais para baixo a fatores ambientais do que a fatores genéticos ou étnicos.
Têm sido suspeitos fatores de estilo de vida, tais como o alto consumo de leite e outros produtos lácteos de contribuir para a alta incidência de câncer de mama e de ovário na América do Norte e Europa Ocidental. No entanto, estudos anteriores não são conclusivos. Uma revisão recente do Fundo Mundial de Pesquisa do Câncer e do Instituto Americano de Pesquisa do Câncer descobriu uma falta de evidências ligando o consumo de produtos lácteos para o risco de câncer de mama.
"A fim de investigar esta questão não respondida, adotamos uma nova abordagem", diz Jianguang Ji. "Nós investigamos se o baixo consumo de leite e outros produtos lácteos protege as pessoas intolerantes à lactose contra cancros da mama e do ovário. Uma vez que estudos epidemiológicos e em animais mostram que o consumo de leite e o risco de câncer de pulmão estão associados com a proteína IGF-1 (insulina como fator de crescimento 1), que também investigou o câncer de pulmão. "
"Usando dados em todo o país a partir de dois registros suecos (o registro de Internação e de Ambulatório) foram identificados 22.788 indivíduos com intolerância à lactose e examinaram o risco de sofrer de ca de pulmão, de mama e de ovário. Os riscos de câncer de pulmão (razão de incidência padronizada [SIR] = 0,55), o câncer de mama (SIR = 0,79) e de ovário (SIR = 0,55) foram significativamente menores em pessoas com intolerância à lactose em comparação com pessoas sem intolerância à lactose, independentemente do país de nascimento e sexo ", explica Jianguang Ji. "Por outro lado, os riscos nos seus pais e irmãos foram os mesmos que na população em geral. Isto sugere que o risco de cancro em pessoas com menor intolerância à lactose pode ser devido à sua dieta."
Fatores como a baixa ingestão de calorias de causa de baixo consumo de leite e fatores de proteção à base de plantas em bebidas de leite podem contribuir para a associação negativa observada entre intolerância à lactose e os cânceres estudados.
"Devemos interpretar estes resultados com cautela, pois a associação que descobrimos é insuficiente para concluir um efeito causal", enfatiza Jianguang Ji. "Mais estudos são necessários para identificar os fatores que explicam os resultados do estudo."
Fonte da história:
A história acima é baseada em materiais fornecidos pela Universidade de Lund . Nota: Os materiais pode ser editado para conteúdo e duração.
Jornal de referência :
J Ji, J Sundquist, K Sundquist. A intolerância à lactose e risco de câncer de pulmão, de mama e de ovário: pistas etiológicas de um estudo de base populacional na Suécia . British Journal of Cancer , 2014; DOI: 10.1038 / bjc.2014.544

Cite esta página :
MLA APA Chicago
Universidade de Lund. "intolerantes à lactose em menor risco de certos tipos de câncer: Estudo". ScienceDaily. ScienceDaily, 04 de novembro de 2014.

2 comentários:

  1. Olá Nanci, tudo bem? Espero que sim! Tenho 41 anos e em um ultra de rotina foi observado dentro do meu ovário uma: "imagem arredondada heterogênea. Corpo lúteo?". O médico falou pra eu fazer outro ultra simples daqui a 3 meses e ver se essa imagem ainda está lá, mas não concordo, acho que deveria fazer um ultra com doppler pra verificar essa imagem. Sei que vc não é médica, mas por sua pesquisa e experiência o que vc acha? Estou pensando em fazer um ultrassom com doppler por conta própria, rsrs. Sou muito ansiosa! Grande abraço, Flávia. (ps: postei como anônimo por não ter contas no google/wordpress).

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Querida leitora...
      Na dúvida, peça ao seu médico o marcador tumoral CA 125. É um exame de sangue e o resultado sai em 5 dias.
      Bjs e boa sorte

      Excluir

OBRIGADA PELO SEU COMENTÁRIO, MUITO BOM TER VOCÊ POR AQUI! AJUDE-NOS NA CAMPANHA DE CONSCIENTIZAÇÃO DE COMBATE AO CA DE OVÁRIO, DIVULGANDO E COMPARTILHANDO AS NOSSAS POSTAGENS!

A.C.Camargo Cancer Center e Institut Curie firmam acordo de colaboração para pesquisa do câncer e os primeiros alvos são os sarcomas e radioterapia

Acordo de colaboração científica entre o A.C.Camargo Cancer Center e um dos principais centros europeus de pesquisa do câncer, o Institut ...