quarta-feira, 13 de agosto de 2014

Quem somos!?





Quem somos!?

Somos meros coadjuvantes de uma história que não sabemos como começará e muito menos como terminará.
Somo seres ávidos de vida e muitas vezes nos perdemos neste encantamento e nos perdemos de nós mesmos de nossa essência... Nos perdemos e nos privamos de viver coisas simples e deslumbrantes que se perdem nas querências de grande valor para a matéria que é o ter.... Ter.... Sempre mais e mais!
Trato de câncer há quatro anos. E vira e mexe me vejo a pensar em como era antes do câncer e como sou depois dele.
E quando me olho no espelho, vejo uma nova mulher! Muito diferente da mulher de quatro anos atrás. Na verdade, já sofri muito, queria meu cabelo de volta, meu corpo de volta, minha vida ativa (trabalho), porém hoje tenho a total consciência de que me quero do jeito que sou e estou... Se mudar só se for para me espiritualizar mais.
A mulher que nasceu dos destroços do câncer é uma mulher que curte a vida. Ama a vida! E quer viver muito! É uma mulher que tem um olhar diferenciado para a humanidade. É uma mulher muito mais sensível e que se emociona até com propagandas de televisão.
É uma mulher mais centrada. É uma mulher que agradece a Deus por cada amanhecer e anoitecer. É uma mulher de muita fé!
Medos?... Tenho! Meu maior medo, perder a confiança em Deus e ignorar o ser humano.
Esta Lú de hoje pode não saber com toda certeza quem é, mas tem certeza de quem não quer ser.
A Lú de hoje tem consciência de que coisas ruins acontecem na vida de muitos, mas que que todas essas coisas devem servir para nos equilibrar com as coisas de Deus! E uma vida sem Deus é uma vida sem nada! É uma vida com uma felicidade ilusória.
O objetivo de estar escrevendo estas coisas é para que possamos refletir quem somos e mais ainda, se desejamos continuar sendo quem somos. Pensemos!...
Grande abraço a todos,

Lú.

6 comentários:

  1. Caroline Assumpção13 de agosto de 2014 19:26

    Que texto lindo! Me emocionou mãe! Essa é a Lu que eu conheço, uma mulher guerreira e cheia de fé que luta pela vida! Te amo mãe! Juntas somos mais fortes!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Filha amada! Você faz parte desta jornada! E com certeza este lema que criamos me impulsiona muito para a vitória! Você e suas irmãs também me orgulham muito. Bjsss

      Excluir
  2. Lu,
    Que texto maravilhoso! Emocionante mesmo! Somente nós sabemos o que é passar por um câncer e as mudanças que o mesmo nos proporciona!
    Te amo amiga e estamos juntas e misturadas, SEMPRE!
    Bjs.
    Nanci

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Amiga Nanci,
      Obrigada por permitir dividir contigo este espaço!
      Espero contribuir com minha experiência seus queridos leitores!
      Também te amo muito! Aprendo muito com você!
      Te amo! Unidas!

      Excluir

OBRIGADA PELO SEU COMENTÁRIO, MUITO BOM TER VOCÊ POR AQUI! AJUDE-NOS NA CAMPANHA DE CONSCIENTIZAÇÃO DE COMBATE AO CA DE OVÁRIO, DIVULGANDO E COMPARTILHANDO AS NOSSAS POSTAGENS!

Rucaparib para câncer de ovário recorrente

Data : 08 de setembro de 2017 Fonte: ESMO 2017 LUGANO-MADRID - A terapia de manutenção de Rucaparib aumenta a sobrevivência livre d...