quinta-feira, 16 de maio de 2013

Histerectomia não aumenta o risco de doenças cardiovasculares, diz estudo


Science News - 14 maio de 2013 - Ter uma histerectomia com ou sem remoção dos ovários não aumenta o risco de uma mulher desenvolver doença cardiovascular em comparação com mulheres que atingem a menopausa naturalmente, ao contrário do que muitos estudos relataram anteriormente, de acordo com pesquisa publicada on-line no Jornal do American College of Cardiology .
"As mulheres de meia-idade que estão considerando a histerectomia devem ser incentivadas, porque os nossos resultados sugerem que o aumento dos níveis de fatores de risco cardiovascular não são mais prováveis após a histerectomia em relação ao pós-menopausa natural", disse Karen A. Matthews, PhD, principal autora do estudo e uma distinta professora de psiquiatria e psicologia na Universidade de Pittsburgh.
A histerectomia é a remoção cirúrgica do útero de uma mulher, ela é muitas vezes acompanhada pela remoção dos ovários, para diminuir o risco de cancro do ovário. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

OBRIGADA PELO SEU COMENTÁRIO, MUITO BOM TER VOCÊ POR AQUI! AJUDE-NOS NA CAMPANHA DE CONSCIENTIZAÇÃO DE COMBATE AO CA DE OVÁRIO, DIVULGANDO E COMPARTILHANDO AS NOSSAS POSTAGENS!

Rucaparib para câncer de ovário recorrente

Data : 08 de setembro de 2017 Fonte: ESMO 2017 LUGANO-MADRID - A terapia de manutenção de Rucaparib aumenta a sobrevivência livre d...